24 setembro 2017

[DOMINGAS] Amor de Carnaval

Sabiam que amores de Carnaval podem ocorrer fora de época e durar meses e até anos?
Por quatro anos, experimentei a incrível sensação de estar apaixonada. Rapidamente, eu esqueci, muitas vezes, minha própria vida, porque ele se tornou o meu mundo. Mas isso foi um grande equívoco. No processo do namoro, devemos tomar muitos cuidados, sobretudo se ele avança para um noivado. A separação foi um processo doloroso, sofrido, muito turbulento e que deixou marcas, sequelas e cicatrizes a se perpetuarem pela eternidade. Foi épico. Algumas lições ficaram e sempre compartilho minhas experiências ruins pelo mesmo motivo que lemos literatura - as pessoas mais sábias aprendem pelo exemplo dos Outros.


1. Homens representam o sexo "forte", mas na verdade, eles sempre serão mais fracos. A mulher é quem sempre acaba resgatando uma relação, porque é mais sábia.
A cada briga, sempre perscrutei a situação procurando algo em que podíamos melhorar. E tudo bem, identificar é fácil; aceitar e mudar, leva trabalho; mas quando a outra parte se considera sempre certa e que não precisa mudar em nada... Isso é um grave problema e um baita indicativo de que algo está muito, muito errado: todos nós podemos evoluir, todo dia um pouco. E, se a pessoa acha que seu processo de evolução já está concluído, mas é visível a necessidade de melhora, é melhor repensar o que vocês está fazendo ali, garota.
2. Não divida tudo da sua vida com alguém. Porque em vez de ser melhor amigo, pode vir a ser seu pior inimigo.
É fato que, quando dividimos a vida com alguém, passamos a conversar mais e nos abrir mais, certo? Bem, nem sempre isso é verdade. Digamos que você chega à noite, do trabalho ou faculdade, e mal pode esperar para ligar ou mandar uma mensagem, dizendo como foi seu dia, e que deseja saber do dele; depois de um relatório cheio de coisas, tanto boas quanto chatas, eis que você quer saber do dia dele. E seu amado não conta do dia a dia, não fala de novidades nos setores da empresa, não diz o que houve de diferente naquele dia, só sai com um "Normal, o mesmo de sempre". Bem, só isso já deveria ser suficiente para ver que a rotina dele aborrece a ELE, imagina a você! Ou ele não quer te contar nada, ou o cotidiano dele é tão chato que até surpreende o fato de haver alguma garota interessada em mais do que a aparência e aspectos externos.
3. Abra-se a muitas possibilidades, mas feche o coração sem prazo de reabertura.
Após um término doloroso, como todos são, há dois sentimentos super conflitantes em você: "Eu nunca mais quero amar ninguém!!! Nunca mais vou me entregar desse jeito!! Não quero mais passar por isso!!", etc (Mentira: logo, logo, você vai desejar de novo) X Preciso encontrar alguém melhor, mais bonito e bem resolvido na vida para esfregar na cara dele. Qual desses sentimentos vai vencer? Algum deles trará felicidade para você, o Outro e as demais partes envolvidas? Pensa bem.
4. Se ele achar que já te conquistou, vai cansar e partir pra uma nova conquista.
Homens são eternos conquistadores. Nunca se entregue 100%, porque quando perceber que tem você na mão, ele vai ciscar em novo galinheiro. A não ser que seja UM HOMEM COM H DE VERDADE - nesse caso, querida, você tirou a sorte grande.
5. Nunca desfaça NENHUMA amizade por namoro. Pq namoro realmente acaba. Noivado. Casamento. Mas família e amigos são pra sempre.
Minha dica mais preciosa é esta: não se afaste dos seus amigos por causa de namoro.
GARANTO A VOCÊ QUE ELE NÃO VAI SE AFASTAR DAS AMIGAS DELE POR VOCÊ.
E, afinal, amizade dura pra sempre, namoro pode acabar.
6. Ciúme existe, mas se você falar, chamar atenção pra uma outra mulher, vai dar a ela um poder que ela AINDA não tinha.
Existem mulheres que saem de casa vestidas para matar e chamar atenção, FATO. Algumas  usam roupas berrando para serem vistas e olhadas mais de uma vez na rua. Reconheça: vocÊ também já fez isso ;-) Porém, se chamar muita atenção para uma moça estranha que ele olhou, ou uma colega com quem fala mais frequentemente, ou outra mulher, estará realizando o oposto do que precisa fazer.
VOCÊ é a mulher que vai chamar a atenção dele, chame atenção para si: suas qualidades, pontos fortes, suas vitórias e o quanto ele é sortudo por estar com VOCÊ. Não dê a outra mulher, estranha e ainda invisível, um poder que ela ainda não tem e que pertence a VOCÊ.
7. Não adianta querer discutir relação. Homens são quase geneticamente programados pra fugir disso.
Se quer discutir a relação, procure outra mulher. Homens têm, no código genético uma predisposição a não falar de sentimentos e relacionamentos (brincadeira!!!!). Eles não gostam, não curtem e por isso mesmo odeiam "filmes de mulherzinha", porque o cérebro deles pede coisas mais urgentes, práticas, diretas e objetivas. Obviamente, de vez em quando, será necessário afinarem-se como casal e o diálogo É NECESSÁRIO. Mas maneire nas DRs.
8. A linguagem que eles entendem é amor e respeito. E tem mais... pra eles AMOR = RESPEITO. Amar é ser Respeitado. E vice-versa.
Faça apenas um teste: Pergunte a um primo, irmão, pai, tio, avô, se preferem ser amados ou respeitados. Garanto que praticamente todos vão dizer assim: "E não dá no mesmo?". Aprendi que homens sentem-se amados quando são respeitados, e vice-versa.
9. Se permitir uma única semente de dúvida, permite a entrada do mal.
A gente tem ciúme porque ama, e teme perder, mas não queira cantar a letra de Paulo Ricardo "Foi por medo de perder que eu perdi!" . Uma única semente de dúvida pode fazer o mal se infestar em você e na sua relação. Fuja disso. 

No mais, sejam gentis para com os outros!
Se você só pode oferecer Amor de Carnaval (que estará presente nas festas e sumirá nos problemas), seja claro quanto ao que pode oferecer. 

05 setembro 2017

[SORTEIO] Sete Anos do Pilha Flutuante!

Boa tarde, meu povo lindo!! 

É com alegria que eu trago para vocês a mais nova Promoção do Blog! Fiquei um tempo parada, porque o final de período do Mestrado é muito difícil. Gzuz, e é porque estou estudando o que é o maior sonho da minha vida: Literatura!!! Eu já havia feito uma enquete entre os nossos seguidores no Amino Livros, e todos votaram pela versão da Grifinória, do livro de Harry Potter. Também vou sortear o livro de Rupi Kaur, porque é apaixonante e todo mundo merece ler, homens e mulheres. Aguardem a resenha. Logo, vou linkar aqui.

PRÊMIOS:
Outros jeitos de usar a boca (Rupi Kaur)
Harry Potter and the Philosopher's Stone/ Gryffindor (J. K. Rowling)
 REGULAMENTO:

1) IMPORTANTE! Preencham o Formulário Google (LINK AQUI), que está na nossa Bio, no Insta, e logo abaixo! Ele abre tranquilamente em qualquer Android;
2) Curta a foto no Instagram @pilhaflutuante;
3) Reposte a foto no Insta e marque-nos;
4) Marque até 3 amigos por comentário. 
 Obs:
Preencha o formulário que está com o link na Bio (Perfil do Blog), é pelos números do Form que vamos sortear, no Random.Org! Sorteio: 30/9.

18 agosto 2017

[CRÔNICAS] DEPOIS DA TORMENTA

At a certain moment, you don't wanna party, get crazy, nothing of the sort. You just wanna settle down and be happy with the ones you love.


Depois de quase 4 anos de relacionamento, meu noivo e eu acabamos nos afastando, por razões que não convém contar aqui, mas são muito comuns. Foram muitos planos e sonhos que bolei, depois de uma longa fase da minha vida em que pensei não precisar de nada disso! Foi bom sonhar por um tempo, mesmo que eu tenha sonhado demais...

Desde que assumi estar solteira de novo, meus amigos têm sido solidários, e também pessoas de fora do meu círculo de amizades, porque eu sempre acabo fazendo parte da vida das pessoas, por um motivo e outro, e dentre as grandes razões estão os livros e a minha orientação espiritual. Tenho recebido muitas dicas sobre o "Aproveitar o momento, a vida de solteira, que não vai durar muito, porque, segundo eles, 'o próximo virá para ficar'!". Rs. Okay!

Li textos incríveis, inspiradores. Uns de Osho, outros de autores locais. Mas após a leitura de todos eles sempre fico com a mesma impressão: As pessoas cultuam muito, hoje em dia, o popular "Estar só". Postam muitas fotos sorrindo, dizendo que estão amando serem solteiros, porque não precisam dar satisfações a ninguém, podem chegar em casa tarde, usar a roupa que quiserem, ficar com quem quiserem, sem compromisso. Sou quadrada e antiquada mesmo, porque ESSE ideal de felicidade nunca foi o meu.

Quantos dos rostos sorridentes em fotos, com hashtags que exaltam a "Vida Livre" não ocorrem logo antes ou logo depois de lágrimas quentes serem vertidas pelo seu rosto, por um amor perdido ou nunca realizado? E não falo dos populares "crushes", mas daquele algo profundo que você busca(va) em alguém, mas a vida insiste em adiar. O guarda-chuva amarelo, o famoso lebenslangerschickschatz.

Desconfio que muitos, assim que postam para as câmeras de Face, Snap, Insta, Twitter e das lives do mundo o quanto estão "felizes", retornam àquele estado inicial de se perguntarem quando vão dividir uma foto com alguém que merece estar ali.

Imagino que as pessoas gostem de gozar de certa liberdade, mas lá no fim da jornada, ninguém quer dizer "Adeus" para as paredes e o teto, quando estiver deixando este mundo, não é? Não. No fim da vida, você quer olhar nos olhos dos seus filhos, biológicos ou do coração, e das pessoas que ama, quer saber que seu legado será perpetuado, quer deixar algo de valor pra alguém, quer saber que esteve aqui no mundo por um motivo. Todos querem isso. Afinal, porque lutamos tanto, diariamente?

Para que ergueríamos Impérios e teríamos grandes bens materiais, se não tivéssemos com quem dividir? Ninguém a quem legar nada, seja uma herança material ou cultural? Não, bros and sisters. Se não está lutando para fazer desse mundo e do seu pequeno universo um lugar melhor para quem virá "depois de nós", responda para si mesmo: "Estou lutando para quê? Por quê? Só para não ficar parado (a) e definhar antes da hora?". Aqui estão excluídas as pessoas que preferem ficar sozinhas porque realmente gostam de estar sozinhas; existem, respeito-as e entendo sua posição. E elas nunca precisam falar o quanto "É bom estar só", pois a elas basta essa vivência, e isso já é o suficiente, sem exposição excessiva nas redes sociais.

Chega um ponto na vida em que você já curtiu demais; você já não quer ir pra farra, fazer loucuras, nada desse tipo. Você só quer se aquietar e ser feliz com aqueles que ama, porque você tem consciência da finitude e da brevidade da vida, e de como ela pode escorrer pelos dedos quando menos se espera.

Você está lutando por quem?
E, no futuro, quando seus filhos te olharem nos olhos, esperando que você conte as maravilhosas histórias de sua juventude e tudo que motivou cada uma delas, como tudo levou ao mundo que queria deixar pra eles, que tipo de narrativa poderá relatar?
Pense em você, sim.
Pense diariamente e com carinho.
Mas depois que toda essa tormenta acabar...
Lembre-se de para quem você quer deixar o seu legado.