18 agosto 2016

[RESENHA] Depois de Você (Jojo Moyes)





Quando uma história termina, outra tem que começar. Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes. Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente. (SKOOB)

MOYES, Jojo. Depois de você. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2016, 320 p.
PODE CONTER SPOILERS!
Vivi uma relação de amor e ódio com este livro.
Ele me provocou sono em boa parte do tempo, porém teve seus bons momentos. Ele me empolgou no início e no final. No meio, eu me perdi. O que eu buscava neste livro eram respostas: o que houve com Lou após a morte de Will, após a sua escolha pela Eutanásia. 

O que me desagradou foi a escolha da trama, o rumo que as coisas tomaram numa vida já transtornada. Louisa Clark é uma personagem cativante, uma estrelinha, que anima a vida de qualquer pessoa, e acabou sofrendo um belo baque com a decisão egoísta de Will. Ela se apaixonou por uma pessoa que não nutria nenhuma esperança pela própria vida, ou pelo relacionamento que eles poderiam ter. 

Com a herança que ele deixou para ela, Lou não tomou as melhores decisões. Comprou um belo apartamento em Londres e se encaixou em um emprego, no bar de um aeroporto, no qual ela não era valorizada.  Em um dos picos de sua depressão, ela acaba sofrendo uma acidente e a família julgou que a moça havia tentado se matar. A partir desse episódio, ela teve de entrar no grupo Seguindo em Frente, de apoio a pessoas com luto. 

Após seu acidente, Lou conheceu um belo paramédico, Sam, e muito embora eu sempre tenha shippado Lou com Nathan - porque eu sempre vi um certo afeto da parte dele por ela - tive de me conformar com o fato de que Louisa Clark faz exatamente aquilo que você espera dela. Ela não te surpreende. Quando você pensa: "Ela vai agir exatamente desse jeito", mesmo que devesse fazer o contrário, ela vai lá e faz. 

Mas Sam não foi a única novidade na vida de Lou: ela foi encontrada por Lily, a filha adolescente de Will, fruto do namoro dele com uma colega de faculdade, 16 anos atrás. E essa menina trouxe tudo, menos paz para a vida de Louisa. Mas, apesar de todo o turbilhão que Lily causou em sua vida, as duas terem se encontrado foi muito importante para Lou superar o luto e Lily... para lidar com as razões dela. Os problemas de Lily são um velho clichê adolescente, então não me surpreenderam também. 

A autora me deu a impressão de que publicou esse livro porque foi muito solicitada, mas não tinha realmente pensado em algo a mais para Louisa, até então. O trabalho gráfico segue  padrão dos livros da Jojo publicados pela Intrínseca, o que amo, e



NOTA: 3/5


Para nossas demais redes sociais, acessem o painel logo abaixo da Bio, ao lado.
\\o Boas Leituras o//

Comentários via Facebook

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela presença e participação! ATENÇÃO: Todos os comentários são moderados. Aqueles considerados inapropriados à nossa política serão automaticamente excluídos. Comentários anônimos não serão aceitos.