11 dezembro 2016

[RESENHA] As Batidas Perdidas do Coração (Bianca Briones)

VÍDEO-RESENHA ABAIXO

Esta é a história de Viviane e Rafael. É início de ano... Ela acabou de perder o pai, sua mãe está em depressão e a jovem precisa assumir as rédeas da casa com Rodrigo, o irmão mais novo. Ele já sofria pelo pai assassinado há alguns anos, por criminosos, e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro causado por um mauricinho bêbado. Vivi é de uma classe social que Rafa despreza. Rafa é tudo o que Vivi sempre ouviu que deveria evitar. Dois polos, uma mesma dor, que jamais compartilhariam se não fosse a morte. Apesar de saberem que são "incompatíveis", não conseguem refrear a atração. E esta poderá salvá-los ou levá-los ao chão. As batidas perdidas do coração é um romance lindo, sobre perdas, ganhos, morte e luto. Sobre duas partes quebradas, tentando formar uma inteira. Sua narrativa contagiante, sensual, e com um trecho de música por capítulo nos mostra aquela que pode ser a última chance de duas pessoas destruídas encontrarem uma saída para sua maior dor.
BRIONES, Bianca. As Batidas Perdidas do Coração. 5 ed. Campinas-SP: Verus, 2015, 402 p. 
COMPRE NA SARAIVA (Cheguei a comprar por 19,00!)
SKOOB


Meu pai costumava dizer que nada acontece por acaso e que devemos ser capazes de perceber os sinais de que algo bom virá em qualquer situação. (p. 7)
Desculpa, não posso dizer que odiei o livro. GOSTEI MUITO, MESMO!
Desde que Bianca havia lançado de forma independente o livro, com o nome Entre o Amor e a Amizade, e passando pelo percurso de ver a obra ser adquirida para lançamento pelo selo Verus, eu desejei ler, porque a história de Rafa e Vivi sempre foi bem comentada entre blogueiras e leitores.

Há muitos capítulos (80!!), porém eles são curtos, o que já me atraiu, e também cada um deles se inicia com um trechinho de música relacionado ao capítulo. Já nos primeiros capítulos, eu me senti profundamente tocada pelas dores de Vivi e Rafael. Sim, eles são completos clichês: menininha loura de classe alta e o jovem rebelde, motoqueiro, barman, revoltadinho com a vida pelas razões dele. Só que qual é o problema? Eles não se encontram numa festinha regada a rosas e vinho tinto, ou em um ambiente esperado: seus olhos se encontram à porta de um hospital, no qual cada um deles havia acabado de dizer adeus a um (vários) entes queridos - e um deles sequer teve a chance de dizer "Adeus".

Uma garoa cobre todo o cemitério... Meu pai adorava esse tempo, o que é irônico. Ou não - talvez seja o modo que a morte tem de lhe fazer uma homenagem. (p. 13)
O pai de Vivi lutou durante anos contra o câncer de pulmão, sem jamais ter fumado um dia na vida. Isso a tornou mais alerta e furiosa com o cigarro e os fumantes. É onde encontrei minha maior afinidade, porque meu pensamento é exatamente igual ao dela. Gostei de Vivi, muito embora eu esperei que ela tivesse mais atitude - e olha, ela é bem atrevida. 

O livro é narrado em 1ª pessoa, alternando os pontos de vista de Vivi e de Rafael, e gosto muito de histórias construídas dessa forma, porque temos a oportunidade de ver a história pelo olhar dos principais envolvidos nela. Vivi é mais centrada e, apesar de sua dor, ela já tem certa maturidade e um grande instinto protetor, que maturou bastante durante o tempo que passou cuidando do pai, no tratamento oncológico. Já Rafa é o extremo oposto. Ele viu a dificuldade e não cresceu com ela: preferiu entregar-se a tudo que poderia fazê-lo esquecer - ou amenizar a dor da perda de seu referencial masculino e agora da própria irmã, com toda a família dela.

... Ele tem uma história mal resolvida, e pessoas com tanta bagagem geralmente machucam ou acabam machucadas. (p. 14)
O livro se encaixa na categoria NEW ADULT: é bastante sexy e descritivo em muitos momentos, para quem curte o estilo; aborda temas de interesse do público jovem, que está amadurecendo, alcançando a vida adulta e enfrentando toda a transição de um novo mundo, como a questão de lidar com a independência - seja porque quer se livrar e estar longe da família, seja porque - no caso de Vivi e Rafa - a família foi tirada deles pela morte. O Nem Adult frequentemente retrata primeiras experiências, pode envolver drogas, sexo, gravidez, trabalho novo, o mundo universitário e todas aquelas dúvidas que permeiam o início da vida, de fato, adulta. São livros para leitores acima de 20 anos, até considerando sua linguagem e o teor mais picante de algumas passagens.

Pontos negativos: os termos chulos, de que não gosto; a incoerência, que pode ou não ter sido falta de atenção minha, em relação à irmã de Rafa; o pouco destaque que personagens excelentes, como Lex e Branca tiveram. No mais, de tudo eu gostei muito. 


Gostei muito de outros personagens, como Branca e o avô de Vivi. Gostaria de ver mais sobre tio Túlio, bem como a dupla Rodrigo e Lucas - pois tenho a sensação de que eles viveram muito mais do que foi contado ali. No geral, não foi um livro avassalador, porém desastre atrás de desastre me deixou com o coração na mão e imaginando: Caramba, o que é que vem agora? E não é que me surpreendi no final? Aprovo o rumo que Bianca deu à história, babei pelo final e na última folha virei e me decepcionei porque havia acabado ali. Quero mais, preciso de mais!!

A série (THANK GOD!) continua: 

1.   AS BATIDAS PERDIDAS DO CORAÇÃO

1,5 A ESCOLHA PERFEITA DO CORAÇÃO
2.   O DESCOMPASSO INFINITO DO CORAÇÃO
3.   O DESAPEGO REBELDE DO CORAÇÃO

NOTA: 4/5



Comentários via Facebook

1 Comentários:

  1. Thay!
    Não li ainda nenhum livro da Bianca, mas sempre leio resenhas favoráveis, porque ela aborda assuntos polêmicos e que devem mesmo ser discutidos.
    É tem os pontos negativos, mas nada é perfeito na vida, porém vale a leitura.
    “O Natal não é um momento nem uma estação, senão um estado da mente. Valorize a vida.” (Desconhecido)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Obrigada pela presença e participação! ATENÇÃO: Todos os comentários são moderados. Aqueles considerados inapropriados à nossa política serão automaticamente excluídos. Comentários anônimos não serão aceitos.