18 janeiro 2017

[A BIBLIOTECA LOST] LIVROS DE SAWYER: PARTE 1

Você conhece a série de TV LOST, não é? Exibida de 2004 a 2010, pela ABC Studios? Aqui no Brasil, foi exibida pelo canal pago FOX e também pela Globo (como eu primeiro assisti). Vencedora de dezenas de Prêmios Emmy, piloto mais caro da história da TV, série criada para abalar o mundo e fazer sucesso, não é? Confira o trailer abaixo: não tem legendas, infelizmente, mas explico o contexto da série abaixo.


LOST acompanha as vidas dos 48 sobreviventes de um desastre aéreo: o voo 815 da Oceanic Airlines, que se partiu ao meio em pleno ar e caiu em uma ilha misteriosa do Oceano Pacífico. O piloto havia dado outras coordenadas ao resgate e precisou mudar de curso de última hora, como alternativa, então o resgate está procurando por eles a quilômetros de distância e pode nunca chegar. Ah... E a ilha tem monstros! E todos os passageiros têm uma grande bagagem nas costas para contar. Eles trouxeram nas malas muito medo, abstinência, roubo, assassinato, doenças, loucura. Cada um com um problema específico a resolver, pendências na vida, mas que precisam colocar no bolso, para ajudar o grupo. A questão é.. Eles conseguirão? 

Um dos pontos mais marcantes é a chamada BIBLIOTECA DE LOST. Na série, que apresenta, a cada episódio, um dilema moral, questão filosófica nas jornadas de autoconhecimento, dramas sociais e questões sobre convívio humano, muitos livros são citados, particularmente pelos dois personagens que mais víamos lendo, ali: Sawyer e Desmond.

A BIBLIOTECA DE SAWYER

Quem é James Ford, o Sawyer da Ilha? Na infância, ele perdeu seus pais de forma muito trágica. Um golpista que adotava o nome SAWYER (se houve inspiração de Tom Sawyer, de Mark Twain, não se sabe) conquistou a mãe do pequeno James para roubar o dinheiro daquela família. Após a tragédia, James ficou órfão. Por uma dessas ironias da vida, ao crescer, ele viu a oportunidade de dar um golpe milionário e a tomou. E acabou se tornando o homem que caçou a vida inteira: um golpista, como aquele que levou seus pais à morte. Sawyer tem um discurso para lá de irônico, com muitas piadas sódidas, referências ao mundo POP e sempre apelidava os colegas da ilha com algo que parecia uma boa alcunha, segundo ele.

Em vários takes com o personagem James (inicialmente apenas chamado de Sawyer), ele é flagrado com um livro em mãos. Vamos conhecer os 13 livros que ele leu, enquanto estava na ilha? 

WATERSHIP DOWN (A LONGA JORNADA), DE RICHARD ADAMS

SINOPSE: Watership Down narra a saga de um grupo de coelhos antropomorfizados e possuem a sua própria cultura, língua, provérbios, poesia e mitologia. O grupo precisa migrar depois que sua toca foi ameaçada. Nessa aventura, enfrentarão os mais diversos perigos para encontrar um novo lar. Na obra, o autor utiliza a vida dos animais, no caso os coelhos, para simbolizar o comportamento do homem, mesclando aventura e reflexão. A proposta inicial era escrever uma história para suas filhas. Mas Richard Adams não poderia imaginar que, ao permitir a publicação desse livro, acabaria por conquistar não só o público juvenil, como o adulto. (ADICIONE O LIVRO AO SKOOB AQUI!)
THE LORD OF THE FLIES (O SENHOR DAS MOSCAS), DE WILLIAM GOLDING

SINOPSE: Um grupo de jovens é retirado de uma cidade atingida por um bombardeio atômico. Eles passam a viver numa ilha deserta do Pacífico e lá reconstituem os valores da sociedade em que viveram. Este romance é considerado a obra-prima do prêmio Nobel de 1983. Publicado originalmente em 1954, Senhor das Moscas é um dos romances essenciais da literatura mundial. Adaptado duas vezes para o cinema, traduzido para 35 idiomas, o clássico de William Golding — que já foi visto como uma alegoria, uma parábola, um tratado político e mesmo uma visão do apocalipse — vendeu, só em língua inglesa, mais de 25 milhões de exemplares. Durante a Segunda Guerra Mundial, um avião cai numa ilha deserta, e seus únicos sobreviventes são um grupo de meninos em idade escolar. Eles descobrem os encantos desse refúgio tropical e, liderados por Ralph, procuram se organizar enquanto esperam um possível resgate. Mas aos poucos — e por seus próprios desígnios — esses garotos aparentemente inocentes transformam a ilha numa visceral disputa pelo poder, e sua selvageria rasga a fina superfície da civilidade, que mantinham como uma lembrança remota da vida em sociedade. Ao narrar a história de meninos perdidos numa ilha paradisíaca, aos poucos se deixando levar pela barbárie, Golding constrói uma história eletrizante, ao mesmo tempo uma reflexão sobre a natureza do mal e a tênue linha entre o poder e a violência desmedida. A nova tradução para o português mostra como Senhor das Moscas mantém o mesmo impacto desde o seu lançamento: um clássico moderno; um livro que retrata de maneira inigualável as áreas de sombra e escuridão da essência do ser humano. (ADICIONE O LIVRO AO SKOOB AQUI!)
COMPRE NA ESTANTE VIRTUAL (A PARTIR DE R$18)
COMPRE NA SARAIVA (R$27,90)
COMPRE NA SARAIVA - EM INGLÊS (R$31)
COMPRE NO SUBMARINO (R$26,87)

A WRINKLE IN TIME (UMA DOBRA NO TEMPO), DE MADELEINE L'ENGLE, #1 DA SÉRIE OS VIAJANTES DO TEMPO

SINOPSE: “Uma linha reta não é a distância mais curta entre dois pontos.” Esta ideia está por trás da incrível história da família Murry, traçada em Uma dobra no tempo, ganhador do Newbery Award em 1963 e ainda capaz de fascinar uma nova geração de leitores. No livro, a autora Madeleine L’Engle proporciona uma verdadeira viagem, com dissolução e reconstituição de corpos no espaço, através de atalhos que fogem do longo caminho dos anos-luz, e dá lugar a uma passagem da quarta para a quinta dimensão, impensável no espaço tridimensional que conhecemos. Os Murry viviam a cerca de oito quilômetros da aldeia, isolados, em uma rua afastada. A geniosa Meg – a menina azarada e considerada má aluna na escola – e o pequeno Charles Wallace, rotulado como o “irmão bebê idiota”, compartilhavam o peso de serem crianças com um nível de intelectualidade acima do comum, o que causava certa dificuldade no relacionamento com as outras. Dennys e Sandy eram seus irmãos gêmeos, que não eram nem ruins, nem excelentes no colégio, mas eram fortes, bons corredores e se saíam bem nos jogos.  Em um ambiente de cumplicidade, os irmãos e a mãe, uma bela cientista, conviviam bem, apesar das diferenças. Mas carregavam um vazio dentro de casa. O sr. Murry era um físico famoso e, desde que partiu para uma missão confidencial – e perigosa do governo, não tiveram mais notícias dele. A vizinhança, curiosa, especulava a respeito. Quando, numa noite chuvosa, uma estranha figura envolta num sobretudo peludo, com um cachecol pink, lenços de cores variadas amarrados ao redor da cabeça e um chapéu de feltro masculino empoleirado no alto apareceu rondando a casa dos Murry, Charles a identificou como a sra. Queé, que havia conhecido em uma velha casa de madeira, mal-assombrada, enquanto caminhava pelo bosque. O que ele não podia imaginar é que esta senhora, e duas amigas com as quais morava – a sra. Quem e a sra. Qual – se revelariam como peças-chave para desvendar tudo o que estava acontecendo com o pai. E também para salvá-lo. A partir daí, Charles, “tão zangado e mandão como só um menino muito pequeno pode ser”, acompanhado de Meg e Calvin – novo e audacioso amigo – foi em busca de respostas e deu início a uma surpreendente experiência que os levaria ao desconhecido e infinito Universo, em dimensões até então incompreensíveis para a visão humana. Recheado de fantasia e ficção científica, com criaturas capazes de manipular sociedades inteiras, Uma dobra no tempo é uma aventura surpreendente que tem reviravoltas do início ao fim. (ADICIONE O LIVRO AO SKOOB AQUI!)
LANCELOT (WALKER PERCY)

SINOPSE: Aqui, a realidade e o delírio se mesclam. Conhecemos Lancelot Lamar, um advogado que está internado em um hospital psiquiátrico e aparentemente perdeu parte da memória – um estado de confusão que começou quando descobriu não ser o pai de sua filha mais nova e, com raiva, explodiu a casa de sua esposa com ela dentro. No instituto de saúde mental, ele não consegue separar a realidade das ilusões. (ADICIONE O LIVRO AO SKOOB!)
COMPRE NA SARAIVA (R$ 41,30)
COMPRE NA AMAZON (A PARTIR DE R$32)
CONTINUA...

REFERÊNCIAS

Comentários via Facebook

1 Comentários:

  1. Thay!
    Terminou e fiquei... cadê? kkkkkk
    Depois foi que notei que tem continuação
    Assisti Lost, no início fiquei resistente porque não entendia bem o sentido da série, porém depois fiquei viciadinha.
    Os livros são ótimos. Saywer tinha bom gosto. E ainda bem que tinha livro por lá para ser lido, né?
    “Eu não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Obrigada pela presença e participação! ATENÇÃO: Todos os comentários são moderados. Aqueles considerados inapropriados à nossa política serão automaticamente excluídos. Comentários anônimos não serão aceitos.