08 janeiro 2017

[DOMINGAS] O que ensina um ano

Não sinta vergonha de ser quem você é. 
Sobretudo, tenha muito medo de não ser.
Arrume como quiser o seu cabelo e aproveite-o a todo momento, na multiplicidade de seus formatos e cores: liso, crespo, preto, ruivo, loiro, seco ou molhado. Mas jamais tente ter domínio sobre ele. No seu estado mais natural, ele sempre estará mais belo.

Qual o problema, se está um pouco acima ou abaixo do peso?
A maior comprovação para as populares revistas de moda não serem 100% confiáveis é que elas podem trazer mil dicas sobre como se maquiar bem, como se vestir adequadamente para qualquer ocasião, como parecer linda, fina e elegante sempre, como uma modelo italiana de renome. Mas qual delas traz a receita precisa da felicidade? Se tivessem a receita, venderiam...

Ninguém pode recriminar o seu estilo musical, se você não tentar impor sua setlist aos vizinhos. Se gosta de forró ou brega, rock ou pop, alternativo, reggae, MPB, Bossa nova, axé, funk, caribenhos ou um algo ainda desconhecido pela civilização moderna, isso é uma opção sua. Entre você e seus fones existe uma confidencialidade incorruptível. Coloco meus fones de ouvido, fecho os olhos... E o mundo é meu. 

As pessoas podem dizer que, por ler muito, você ficará louco. Louco é quem perde a chance de ser perder nas entrelinhas de um bom livro. 

Pessoas com um complexo de inferioridade agudo sempre pensarão que você se considera melhor do que elas. Isso é um problema de tais pessoas: o melhor que pode fazer é seguir sua vida e esperar que aprendam a viver a delas.  

Aproveite suas pequenas vitórias, mas não as esfregue "na cara de ninguém". Frequentemente, as pessoas que se gabam muito de terem conseguido algo são aquelas que não têm muito de que se gabar, então a vitória é sempre novidade. Humildade manda lembranças.

Amar não é apenas Doar. Amar uma pessoa jamais deve ser confundido com deixar sua vida em espera sempre que o outro precisar. A cada um, deve ser garantida sua individualidade, e as coisas que já os faziam felizes antes de se conhecerem. Porque o amor não deve ser redutor, mas engrandecedor. Uma parte precisa complementar a outra, com o que tem de melhor, para que o todo funcione e ambos cresçam. Se você não se torna uma pessoa mais plena, mais completa e melhor com um relacionamento... É melhor terminá-lo.

Você nunca vai retomar um namoro. Quando iniciar um novo relacionamento, mesmo que seja com uma pessoa que já foi importante no seu passado, ambos serão pessoas muito diferentes do que eram quando se separaram. Vocês vão se conhecer novamente, nunca continuem de onde parou, porque foi aí que culminaram os problemas. É sempre um novo começo, e só valerá a pena se proporcionar evolução para ambas as partes.

Igualmente, podemos tentar repetir mil vezes algo legal que aconteceu no passado: reunir as mesmas pessoas, no mesmo lugar, mesma aparência, frases e atividades. E nunca será igual ao que já aconteceu. A melhor alternativa é aproveitar cada segundo pelo que ele é: efêmero e peça única.

Você vai ser chamada de "Barata de igreja" por quem não entende que você encontrou um bom caminho, e ainda conseguirá fazer uma prece por essas pessoas sempre que as encontrar. As pessoas estabelecem julgamentos sobre nós independentemente de as elogiarmos ou xingarmos. Vale a pena preocupar-se com elas? Isso depende do quanto você preza a sua saúde.

Não sinta vergonha de ser quem você é, e tenha muito medo de não ser.
No fim, essa será a sua constante.


Thay Gomez

Comentários via Facebook

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela presença e participação! ATENÇÃO: Todos os comentários são moderados. Aqueles considerados inapropriados à nossa política serão automaticamente excluídos. Comentários anônimos não serão aceitos.