17 agosto 2017

[CRÔNICAS] Como dizer "Adeus"?

Como se diz "adeus" a alguém que representou algo tão importante na sua vida, por tantos anos? Como explicar ao seu coração para ele parar de esperar, parar de suspirar, parar de se lamentar pelo que foi perdido e jamais encontrado? E, o que é pior: como explicar ao seu coração que ele não errou por ter amado, por ter dado uma chance, e que um dia poderá confiar de novo?

Todo relacionamento passa por altos e baixos, fato. Muitos conseguem se sustentar com base em mentiras uma vida inteira, mas elas não têm fundamento, e a base que ela cria é muito frágil, pode se esfacelar com a rapidez daquele segundo que precede o tão esperado primeiro beijo. Quando o casal percebe que não tem todos os objetivos em comum, seu caminho é tortuoso e cheio de pedregulhos: um deles, o mais altruísta, vai ter de abrir mão de seus sonhos em prol do outro, mesmo que seja por um tempo indeterminado; ou ambos, egoístas, se afastarão, colocando fim ao que não poderia ser concretizado junto, pois ambos desejam realizar seus planos e sonhos ao mesmo tempo. Neste caso, fica claro que amam mais a si mesmos do que um ao outro, e as chances de fracasso são múltiplas.

Antes de embarcar em um relacionamento duradouro, questione-se se é aquilo mesmo que você deseja; procure conhecer bem a pessoa ao seu lado e sobretudo não apresse as coisas; tenham certeza de terem afinidades, pois a atração física é a primeira coisa que nos chama a atenção em alguém e também é a primeira coisa que acaba. Numa relação em que existe sobretudo amizade, as chances de o casal florescer, mesmo com objetivos diferentes, será imensamente maior. Afinal, se escolheu compartilhar uma vida com alguém, supõe-se que essa pessoa vai te conhecer melhor do que ninguém.

Nada apagará os bons momentos.
Se existe algo para que servem esses instantes de riso, é para nos alegrar. Os momentos de dor, por outro lado, nos forçam a aprender. O tombo é maior, quanto mais tempo levarmos para admitir a fraqueza, o erro ou o problema. A vida seguirá, isso é verdade, mas você jamais será a mesma pessoa, depois de ser profundamente tocado e magoado por alguém que amou.

Todos somos falhos. 
No momento de crise, obviamente apontamos os defeitos e falhas do outro, mas esquecemos dos nossos, e isso é uma falha ainda maior. Mas uma coisa é certa: Cara, não traia quem te ama. 

Traição é negligência. 
Omissão é covardia. 
Se você quer buscar outro caminho, seja franco, seja claro. Sobretudo com aquela pessoa que escolheu você para viver, e negou tantas outras possibilidades para ficar do seu lado. Quando alguém pode ter qualquer outra pessoa, mas escolheu você, considere-se uma pessoa de sorte. 

Enganar é errado.
Mentir é falta de caráter. 
Jamais encare alguém nos olhos que te pergunta "Você está me levando a sério?" e responda afirmativamente se aquela não for a sua intenção. Seja gentil com o coração alheio, para que a vida seja gentil com o seu. Não podemos plantar flores e deixá-las à própria sorte para que sejam regadas só pela chuva ou recebam o fertilizante apenas natural, que ocasionalmente a vida vai mandar. Cuida bem da tua flor, da tua rosa, no seu jardim, para que ela cresça frondosa e jovial, e sempre exale um aroma gostoso ao seu redor. Toda flor merece ser bem cuidada. Especialmente aquela que você plantou e cativou. 

O mundo oferece tentações infinitas, mas ele não tem poder de te atingir e afetar, se você não permitir. Se a vida já te causou dor, ora, perdoe-a como espera ser perdoado quando errar. Ninguém tem o dever de sofrer pelo que a vida te causou. Seja leve. Seja breve. Respeita o coração alheio, porque ele é uma terra estrangeira que você só poderá conhecer se se dedicar plenamente. 

Não brinca com o Amor.
Ele tem a mania curiosa de responder à altura.

Comentários via Facebook

0 Comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela presença e participação! ATENÇÃO: Todos os comentários são moderados. Aqueles considerados inapropriados à nossa política serão automaticamente excluídos. Comentários anônimos não serão aceitos.